Vencedores Plano Tratamento

Vencedores Curso Deficit de Atenção e Hiperatividade

Quando resolvi dar 7 subscrições do meu curso, não era nada disto que eu estava à espera.

Eu pensava que:

  1. iria ser fácil escolher os vencedores
  2. iria ter no máximo 1000 respostas
  3. sabia quais iriam ser as principais razões que a maioria das pessoas iria dar para ganhar uma subscrição

e a verdade é que enganei em todos os pontos.

Foi muito difícil de escolher os vencedores/as, tive 3 vezes mais respostas do que estava à espera e mais de metade das respostas foi totalmente inesperada.

Em vez de 7, eu vou ser obrigado a oferecer 17 subscrições do meu Plano de Tratamento porque as razões foram muito fortes.

Os vencedores são:

“Estou muito nervosa e desesperada pra ajudar meu filho só tenho um filho e não posso ter mais por favor ajude-me”
Ana Paula – Brasil
“Porque tenho duas meninas de 7 anos (gémeas com défice de atenção e hiperatividade). E é muito difícil lidar e resolver da melhor forma o dia à dia.”
Maria – Portugal
“Porque, por mais que me esforce, sinto que sozinha não consigo ajudar o meu filho a lidar com ele próprio.”
Susana – Portugal
“Gostaria imenso de ganhar uma subscrição no curso, para poder ajudar a compreender e incentivar correctamente o meu filho. Até agora tenho seguido o meu instinto maternal, sou divorciada e foi apôs o divorcio que descobri a Hiperactividade e defice de atenção do meu filho.Não tenho o a apoio do meu ex-marido, ele n consegue compreender e aceitar que o nosso filho tem este problema.
O diagnostico foi efectuado por uma pedopsiquiatra, neste momento esta a fazer ritalina 20mg e esta a ser seguida por uma psicóloga. Graças a Deus até agora, tem conseguido avançar a nível escolar. Mas, não é fácil para mim lidar com esta situação.”
Lina – Portugal
“Porque tenho dois filhos que sofrem do mesmo problema embora tenho procurado ajuda ñ consegui e não sei como lidar com isso o meu outro filho já tem 18 anos desde os 7 anos procuro intender o que acontece na cabeça dele mais nunca consegui intender o motivo de Eu querer ser escolhida e poder ajudar o meu mais novo pois o outro a medica me disse que não tem mais jeito eu sofro por não ter conseguido ajudar meu filho que hoje não tem comportamento adequado de um adulto e ñ quero que se repita pois sofro muito com tudo isso.”
Patrícia – Portugal
“Porque temo, a cada dia que passa, estar a perder o meu filho, em todos os sentidos desta “perda”. Não sei como lidar / aceitar a sua impulsividade. É uma criança triste, mas o seu comportamento está sempre a evoluir para diferentes formas de permanente desafio e oposição, de negação de autoridade, de confronto, de desprezo por regras de boa educação e bom comportamento… Enfim, tudo o que não queremos para um filho e a relação pais filhos está quase impossível e temo que evolua para uma disrupção ou pior. É desesperante pois não consigo que se vista para ir para a escola (onde tem um rendimento muito bom, para este tipo de criança, mas a um preço pessoal, dele e dos pais, indescritível…), recusa-se estudar, refugia-se nos jogos eletrónicos (que estão vedados durante a semana, ou quando se portal mal), cria um péssimo ambiente com as irmãs (gémeas de 6 anos e diametralmente diferentes) e com os pais, é manipulador e muito, muitíssimo teimoso…”
Carlos – Portugal
“Estou passando por vários problemas com ele. Já fazem 5 anos que venho tentando ajudá-lo,ele está sendo medicado há 2 anos, mas as vezes n parece que toma remédio,o comportamento está piorando, os amigos estão se afastando, os pais não querem os filhos convivendo com ele, a escola tá querendo que ele saia de lá.
Fica muito difícil para mim é para ele, sei que ele tenta melhor mas é maior que ele.
Tenho muita pena dele!
Ele é um menino maravilhoso com coração bom.
As vezes penso em desistir dos tratamentos que ele faz. Mas penso sempre que é o melhor para ele. Respiro fundo e peço força para poder ter mais paciência.
Tem semanas que ele vai bem, já outras não, sempre são altos e baixos. Preciso de ajuda para pôde ajudá-lo também. O que eu mas quero é vê meu filho bem.”
Maria – Brasil
“Amo minha filha, já à deixei de castigo, já apanhou, já fiquei chateada, além de ouvir falarem que é uma capetinha, mais o que mais dói é ela olhar para mim e chorar dizendo que tenta fazer o que é certo mais não consegui. Preciso desse curso para ajudar a minha princesa!”
Andreza – Brasil
“Venho aqui expor as minhas razões porque devo ganhar uma subscrição.
Porque estou desesperada, já tentei tantas coisas que lhes perdi a conta. Porque estou muito confusa no que pode realmente resultar. Porque preciso da opinião de alguém que sabe mesmo do assunto.
Porque ando muito cansada e quase a desistir. Pois o meu filho este verão passou pelo meu divórcio, mudança de casa e de escola e está prestes a chumbar ou ser expulso da escola por estar sempre com comportamentos inadequados.
Porque amo muito o meu filho e não aguento mais vê-lo sofrer ou ser repreendido pelo que é e faz parte dele.
Porque faço anos dia 11 de Dezembro e seria a melhor prenda que me podiam dar: ajuda.
Obrigada”
Paula – Portugal
“Gostaria imenso de ganhar uma subscrição no curso, para poder ajudar a compreender e incentivar correctamente o meu filho. Até agora tenho seguido o meu instinto maternal, sou divorciada e foi apôs o divorcio que descobri a Hiperatividade e deficit de atenção do meu filho.Não tenho o a apoio do meu ex-marido, ele n consegue compreender e aceitar que o nosso filho tem este problema.
O diagnostico foi efectuado por uma pedopsiquiatra, neste momento esta a fazer Ritalina 20mg e esta a ser seguida por uma psicóloga.Mas, não é fácil para mim lidar com esta situação.”
Lina – Portugal
“Preciso porque quero salvar a vida adulta de meu filho para que seja uma pessoa digna com caracter e respeito que todo mundo merece.. . E não com aquele olhar de … “coitado ele tem problema” preciso de ajuda …obrigado”
Henrique – Brasil
“Porque irá me ajudar muito a saber lidar com meu filho, já estou desesperada sem achar uma solução. Preciso e quero trazer meu filho para mais perto de mim.”
Giselle – Brasil
“Desde 2012 que procuro respostas… formas de ajudar o meu filho.
Muitos especialistas contactados, acompanhamento multifuncinal e infelizmente o sentimento de alguns anos perdidos…este no entanto esperamos ser o ano da mudança.
Mudámos de escola, abrimos o leque de procura de ajuda para além do convencional e decidimos nós pais ser os que tomam o rumo na ajuda na vida do nosso filho. Não queremos que ele seja o melhor na escola, queremos apenas dar-lhe as ferramentas para que ele possa ser feliz…para que possa ser independente quando crescer…foi assim que encontrámos o site hiperatividade.pt e razão pela qual nos candidatamos ao curso online.”
Sónia – Portugal
“Queria ganhar para tentar ajudar meu filho,pois ele nasceu com problemas intestinais e não consegue fazer uso de medicamentos psicoentimulantes e ainda ele tem uma isquemia no hipocampo (área responsável pela memória recente) isso somado ao deficit de atenção, deixa sua memória ainda pior”
Gisele – Brasil
“Porque por mais que eu tente perceber o que é a PHDA e o que posso fazer para ajudar, a verdade é que me sinto de pés e mãos atadas, sinto que não consigo compreender e ajudar a minha filha o suficiente. Por isso, tudo o que eu possa aprender para ajudar a minha filha a ser (mais) feliz, eu quero fazer e esse curso online seria o melhor que eu poderia oferecer a mim mesma e à minha filha.
A nossa relação mãe/filha torna-se desgastada, por eu estar sempre a corrigir, a chamar a atenção, a tentar que a Joana se foque. Mas sinto que me estou a tornar numa mãe “”chata””, que só chama a atenção, só repreende… deve haver outras maneiras de fazer isso e eu queria muito aprender.”
Elsa – Portugal
“Sou separado e quero entender melhor para ajudar meu filho , ele vai entrar no 2 ano ensino fundamental e já ficou com dificuldades na escola esse ano, e no próximo vai ser mais difícil ainda. quero ajuda-lo a brincar com seus amiguinhos , ele tem rejeição de alguns pelo sua forma de viver o seu mundo.”
Adriano – Brasil
“Já recorri de várias maneiras e infelizmente não tive resultados,ele faz acompanhamentos mas não consegue apreender já é a terceira vez que irá repetir o 3° ano e estou sem rumo, sem resposta e perdendo todo o meu tempo com pessoas q infelizmente não consegue me ajudar.”
Suelen – Brasil
“Porque estou com uma grande dificuldade em organizar a minha vida, pois disperso, esqueço-me, nao consigo estabelecer prioridades e sobretudo falta-me consistência em estabelecer uma rotina confiável. Isto afecta também a minha relação com o meu filho de 9 anos.”
Lurdes – Portugal
“Eu gostaria de ganhar a subscrição ao curso online pois sinto que preciso mesmo de uma ajuda especializada/técnica/de alguém que vive/já passou por isto. Assim, serei acompanhada e aconselhada sobre qual a melhor maneira possível de ajudar a minha filha. Ela sofre de Deficit de Atenção e Impulsividade, e o dia a dia dela (vai no 2º ano de escolaridade), e o nosso é duro, complicado, tenso, emocionalmente desgastante e muitas vezes desanimador. Há dias que perco a esperança e “baixo os braços”, sinto me perdida, já no sei mais como abordar a dificuldade da minha filha. E pior, tenho mais dois filhos (mais novos) que tantas vezes não lhes posso dar a atenção e mimo que merecem pois estou totalmente consumida pela atenção que a minha filha precisa. Precisamos por favor de ajuda, força, fé, motivação e conhecimento especializado.”
Catarina – Portugal

Os vencedores serão contactados durante esta semana com as instruções a seguir.

Categoria: Tratamento.