O Que é o Concerta?

O Concerta é um comprimido de libertação prolongada de metilfenidato utilizado no tratamento da Hiperatividade

O Concerta nunca deverá de ser tomado por crianças com menos de 6 anos de idade

Composição do Concerta

A substância ativa do Concerta é o cloridrato de metilfenidato.

Como é Que o Concerta Funciona?

Um dos aspetos que caracteriza a Hiperatividade é a falta de dopamina e noradrenalina nos canais de comunicação entre neurónios que têm o nome de sinapses.

A substância ativa do Concerta é o metilfenidato que vai fazer com que haja mais dopamina e noradrenalina disponível para que os neurónios possam comunicar duma forma mais eficaz e duradoura.

Mas a principal vantagem do Concerta sobre a restante medicação com a mesma substância ativa é a sua forma de libertação constante e prolongada do metilfenidato.

O comprimido do Concerta é revestido por uma pequena dose de metilfenidato para que possa ser absorvida imediatamente.

Por debaixo do revestimento está uma membrana resistente mas permeável à água com um furo microscópico feito a laser.

O interior do comprimido é composto por 3 compartimentos:

  1. compartimento com substância de enchimento
  2. compartimento com 1ª dose interna de metilfenidato
  3. compartimento com 2ª dose interna de metilfenidato

A membrana exterior do Concerta é permeável à água e vai absorvendo-a na boca, garganta, estômago e intestinos

A substância de enchimento ao absorver a água e vai empurrando/expulsando as 2 doses de metilfenidato muito devagar e duma forma constante permitindo um período de atuação/presença no sangue e cérebro

Duração do Concerta na Corrente Sanguínea e Cérebro

A substância ativa do Concerta, o metilfenidato, com este sistema de libertação prolongada tem um tempo de vida útil no organismo de 10 a 12 horas, dependendo do metabolismo e alimentação de cada pessoa.

Vantagens & Desvantagens do Concerta

 

Vantagens

A forma de libertação constante da substância, faz com que não haja altos e baixos na quantidade metilfenidato no organismo

Desvantagens

Todos os efeitos secundários da medicação estimulante para a hiperatividade, que utiliza o metilfenidato como substância ativa

Doses de Concerta Por Comprimido/Cápsula

CONCERTA 18 mg – Comprimido amarelado com a inscrição alza 18

CONCERTA 27 mg – Comprimido cinzento com a inscrição alza 27

CONCERTA 36 mg – Comprimido branco com a inscrição alza 36

CONCERTA 54 mg – Comprimido vermelho/acastanhado com a inscrição alza 54

Doses Recomendadas Do Concerta

Idade da Pessoa Dose Inicial Recomendada Dose Máxima a Administrar
6 –12 anos 18 mg/dia 54mg/dia – Max 2mg/kg/dia
12-17 anos 18 mg/dia 72mg/dia – Max 2mg/kg/dia
Adultos 18 ou 36 mg/dia 72mg/dia – Max 2mg/kg/dia

Preço do Concerta

Doses Preço Tabela Comparticipação Preço C/ Compart.
CONCERTA 18 mg44,84€37%28,24€
CONCERTA 27 mg51,56€37%32,48€
CONCERTA 36 mg57,47€37%36,20€
CONCERTA 54 mg73,65€37%46,40€

 

Efeitos Secundários & Contra Indicações

 

Contra Indicações do Concerta

  • alergia (hipersensibilidade) ao metilfenidato
  • problemas de tiroide
  • pressão aumentada no olho (glaucoma)
  • tumor da glândula adrenal (feocromocitoma)
  • distúrbios alimentares, não sentindo fome ou vontade de comer – ex: anorexia
  • pressão arterial elevada
  • problemas cardíacos
  • episódios de acidente vascular cerebral, inchaço e enfraquecimento de parte dos vasos sanguíneos (aneurisma), constrição
  • ou bloqueio dos vasos sanguíneos, ou inflamação dos vasos sanguíneos (vasculite)
  • medicação antidepressiva inibidora da monoaminoxidase tomada num espaço de 14 dias
  • esquizofrenia
  • pensamentos suicidas
  • depressão grave, em que se sente muito triste, inútil e desanimado(a)
  • mania, em que se sente extraordinariamente animado(a), hiperactivo(a) e desinibido(a)
  • epilepsia
  • problemas e dificuldade em engolir comprimidos
  • historial ou episódios de dependência do álcool ou drogas
  • e tomas as contra indicações da substância ativa, o metilfenidato
  • alterações de humor (desde o estado maníaco ao estado depressivo – chamada “doença bipolar”)
  • toma de medicamentos que tornam o sangue mais fino por forma a prevenir coágulos sanguíneos.

Efeitos Secundários

Quando utilizado por um período superior a um ano, o metilfenidato (substância ativa do CONCERTA) pode originar um crescimento diminuído em algumas crianças.

  • batimento cardíaco irregular (palpitações)
  • alterações de humor ou variações de humor ou alterações na personalidade
  • pensar ou sentir vontade de suicidar-se
  • ver, sentir, ou ouvir coisas que não são reais – sinais de psicose
  • discurso e movimentos corporais descontrolados (Síndrome de Tourette)
  • sinais de alergia tais como erupção cutânea ou comichão, urticária, inchaço da face, lábios, língua ou outras partes do corpo, falta de ar, pieira ou problemas de respiração sentir-se anormalmente excitado, hiperativo ou desinibido (mania)
  • ataque cardíaco
  • morte súbita
  • tentativa de suicídio
  • ataques (crises, convulsões epiléticas)
  • descamação da pele ou manchas vermelhas
  • inflamação ou bloqueio das artérias cerebrais
  • contrações musculares que não consegue controlar afetando os olhos, cabeça, pescoço, corpo e sistema nervoso – devido a uma falta de fornecimento temporária de sangue ao cérebro
  • diminuição do número de células sanguíneas (glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas) que podem torná-lo mais apto a ter infeções, sangrar e fazer nódoas negras mais facilmente
  • aumento súbito da temperatura corporal, elevada pressão arterial e convulsões graves
  • pensamentos indesejados persistentes
  • desmaios inexplicados
  • dor no peito
  • falta de ar (podem ser sinais de problemas cardíacos)
  • paralisia ou problemas com movimentos e visão
  • dificuldades de discurso (estes poderão ser sinais de problemas relacionados com os vasos sanguíneos do seu cérebro)
  • nervosismo
  • insónia
  • dor nas articulações
  • visão desfocada
  • dor de cabeça acompanhada de pressão
  • boca seca, sede
  • problemas em adormecer
  • temperatura elevada (febre)
  • diminuição do interesse em sexo
  • cabelo mais fino ou perda de cabelo invulgar
  • rigidez muscular, cãibras musculares
  • perda ou diminuição de apetite
  • incapacidade para desenvolver ou manter uma ereção
  • comichão, erupção cutânea ou erupções vermelhas que causem comichão (urticária)
  • sentir-se sonolento, sentir-se cansado
  • ranger os seus dentes, sentir-se em pânico
  • sensação de formigueiro, picadas ou dormência da pele
  • aumento dos níveis de alanina aminotransferase (enzima do fígado)
  • tosse, garganta seca ou nariz e garganta irritados; infeção do trato respiratório superior; sinusite
  • tensão arterial aumentada, batimento cardíaco acelerado (taquicardia)
  • tonturas (vertigem), sensação de fraqueza, movimentos que não consegue controlar, estar invulgarmente ativo
  • sentir-se agressivo, agitado, ansioso, deprimido, irritável, tenso, nervoso e com comportamento anormal
  • sensação de mau estar no estômago ou indigestão, dor de estômago, diarreia, náusea, desconforto no estômago e vómito
  • olho seco
  • obstipação
  • desconforto no peito
  • sangue na urina
  • sentimento de indiferença
  • tremores
  • aumento da necessidade de urinar
  • dor muscular, contrações musculares
  • falta de ar ou dor no peito
  • sentir-se quente
  • aumento dos parâmetros hepáticos (observado num exame sanguíneo)
  • raiva
  • sentir-se cansado ou choroso
  • falar demasiado
  • sensibilidade excessiva ao ruído,
  • problemas em dormir
  • sentir-se desorientado ou confuso
  • problemas de visão ou visão dupla
  • inchaço mamário no homem
  • sudação excessiva, vermelhidão da pele, erupção cutânea vermelha aumentada
  • cãibras musculares
  • pequenas marcas vermelhas na pele
  • função hepática anormal incluindo falência hepática e coma
  • alterações nos resultados dos exames – incluindo exames hepáticos e sanguíneos
  • pensamento anormal
  • falta de emoções ou sentimentos
  • fazer coisas repetidamente, estar obcecado com algo
  • dedos dormentes, formigueiro e alteração da cor (de branco a azul, depois vermelho) quando está frio (“Fenómeno de Raynaud”)
  • enxaqueca
  • pupilas dilatadas
  • febre muito elevada
  • batimentos cardíacos lentos, rápidos ou aumento do número de batimentos
  • acreditar em coisas que não são verdade
  • dores de estômago graves, muitas vezes sentindo-se ou estando doente

Sinais de Sobredosagem

  • sentir-se doente
  • agitação
  • tremores
  • aumento dos movimentos não controlados
  • contrações musculares
  • ataques epiléticos (que podem ser seguidos de coma)
  • sensação de extrema felicidade
  • estar confuso
  • ver, sentir ou ouvir coisas que não são reais (alucinações)
  • sudação
  • ruborização
  • dores de cabeça
  • febre elevada
  • alterações no ritmo cardíaco (diminuição, aumento, ou batimento irregular)
  • pressão arterial elevada
  • pupilas dilatadas
  • boca e nariz secos

Laboratório/Fabricante do CONCERTA: Jansen

Fonte dos Preços do CONCERTA: Infarmed

Quer Receber Dicas & Estratégias Grátis Sobre o Deficit de Atenção & Hiperatividade?

Subscreva a minha newsletter

Aprenda a Controlar os Sintomas do Deficit de Atenção e Hiperatividade do Seu Filho

Conheça o meu plano de tratamento